segunda-feira, 19 de julho de 2010

O LIVRO DE ELI


NOTA: 6.
"As pessoas tinham mais do que precisavam. Não tínhamos idéia do que era precioso e do que não era. Jogamos fora coisas que as pessoas se matam para ter agora." Eli

A história desse filme lembra muito a premissa de A estrada, filme com Viggo Mortensen. Em um futuro não muito distante, algo aconteceu que deixou o mundo quase inabitável. São mundos pós-apocalípticos em que a única lei é a lei dos mais fortes. Estes sobrevivem levando vantagem em cima dos outros. Claro que em todo filme de desgraças, o lado ruim das pessoas sempre passa por cima do lado bom. E não dá pra falar de instinto de sobrevivência, é a maldade das pessoas mesmo. Eles não roubam as pessoas, eles roubam e torturam e estupram e matam.
Nesse mundo, as pessoas devem usar sempre óculos escuros. Não sei porquê e ninguém parece interessado em me contar. Eli (Denzel Washington) caminha pelos EUA em direção ao mar. Há 30 anos que ele está andando até achar o que deve achar. Eu nunca andei uma distância tão grande assim, mas tenho quase certeza que não levaria esse tempo todo. E lembre-se que Forrest Gump chegava de uma ponta a outra várias vezes em um período muito mais curto.
Como disse, os fortes sobrevivem. Eli, porém, é um mestre de artes marciais especialista em facas, espadas assim como pistolas, metralhadoras e até mesmo um arco. E para mostrar todas essas habilidades, ninguém tenta atirar nele. Isso só acontece posteriormente no filme. Só com a chegada de Carnegie (Gary Oldman), que quer desesperadamente o livro que Eli carrega consigo e lê todos os dias. Claro que Eli não entregará o livro, afinal o livro é a missão dele. E se ele entregar o filme não terá tiroteios e perseguições. Mesmo que depois iremos descobrir que ele não precisava guardar o livro, mas isso não importa. Esse é um filme de ação.
Os irmãos Hughes fazem um trabalho bem decente em contar a história. Primeiro constroem bem personagem e cenário. A fotografia ajuda bastante, dando tons bem sombrios e deixando o filme bem seco. Em algumas vezes lembra um filme de faroeste, incluindo uma cena onde o herói fica cercado por dezenas de bandidos. Pena que os diretores ficam muito preocupados em inserir cenas de ação para agradar os adolescente e a terceira parte da história fica arrastada e chata.
O filme só não tem nota pior por conta do seu final. Apesar de deixar todo o resto do filme com falhas absurdas de roteiro, os diretores acrescentam uma virada na história que é muito interessante. Evita que o filme seja previsível (pelo menos eu não esperava) e é tão boa que se torna independente do resto do filme. Um filme à parte do resto que valha a pena ser visto. Que faz com que o filme seja "assistível".

6 comentários:

  1. Ahh... Fala sério, o final foi a pior parte! Rs... Achei mto tosco.

    ResponderExcluir
  2. Foi a única coisa do file que gostei.

    ResponderExcluir
  3. Excelente filme. O contexto do filme está no poder que tem um livro sagrado no domínio de um povo. Utilizado tanto para o bem como o mau. O contexto faz com que possamos avaliar a real itenção de chefes religiosos e seus conceitos morais. Sejam críticos ao ver o filme. Muitos não entendem. O cenário é motivado por uma guerra nuclear causado por motivos religiosos. Então decidem destruir todas os livros sagrados. Porém, existe a necessidade de um ensinamento moral numa sociedade tão ignorante. Então um homem recebe essa missão de levar o livro para uma sociedade mais avançada. Mas outros tentam possuir essas palavras, pois assim conseguirão dominar povos com seus dizeres.

    ResponderExcluir
  4. Na parte em que a mulher cega (Cláudia o nome dela? não me recordo) entra no quarto em que Eli estava hospedado, ele pergunta a ela "Você ficou cega na guerra, ou depois pelo Sol?". Então creio que eles usavam óculos de Sol para não ficarem cegos por causa do Sol.

    ResponderExcluir
  5. Usam óculos por que a explosão da bomba quase que acabou com a camada de ozônio. Os óculos são para se proteger dos raios solares.

    ResponderExcluir
  6. mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. ..

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...