segunda-feira, 25 de maio de 2009

A GAROTA IDEAL – LARS AND THE REAL GIRL



NOTA 8

Infelizmente, essa dica só vale pra algumas cidades que estão exibindo. São Paulo é uma cidade que está exibindo esse filme. Um bom filme com premissa e jeitão de filme independente. O filme traça um ponto de partida a partir da incapacidade de comunicação do personagem que, sem um rito de passagem da infância para a fase adulta, se encontra deslocado do resto do mundo. O personagem de Lars, não suporta ao menos ser tocado (para ele, o toque causa dor física).

Lars é um homem que vive numa cidade dessas de interior onde todos se conhecem. Após a morte do pai, seu irmão se muda para casa principal enquanto Lars vive num quarto do lado da garagem. Lars vive lá por opção. Sua já citada incapacidade de se relacionar com as pessoas, faz com que ele evite o contato até com a família. Mesmo sua cunhada que tanto insiste pela sua companhia, assim como no trabalho (mesmo com quem divide o mesmo cubículo).

É quando Lars arranja uma “namorada” pela internet, Bianca. Sua namorada é uma boneca de silicone usada com objetivos sexuais, por assim dizer. Até mesmo para tirar a boneca da caixa, ele obedece todo um ritual. Ele toma banho e se arruma para conhecer Bianca, que ele diz que por um acidente usa cadeira de rodas. O irmão sob o pretexto de se preocupar com a saúde da boneca, os leva ao hospital, onde a médica é também psicóloga. A médica convence a todos na cidade a lidar com Bianca como se fosse uma pessoa de verdade.

É graças a esse namoro, que Lars consegue se aproximar de ter uma virda normal, em contato com as outras pessoas. Ele começa a jantar coma família. Frequentar festas e até mesmo interagir com as pessoas do escritório. Bianca traz um novo mundo de convivência para Lars, fazendo com que ele descubra as pessoas que realmente gostam dele. Com boas atuações (em especial de Gosling, que faz o personagem mudar de forma imperceptível diante de nossos olhos) e um roteiro que explora bem a confusão mental de Lars e sua evolução, a única que coisa a se lamentar é que o filme esteja relegado a um público tão seleto.

3 comentários:

  1. excelente filme... um dos melhores que vi nos últimos anos, pra quem tá em dúvida vale a pena conferir.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...